Postado em 18 de Junho de 2022


   Nesta sexta-feira, dia 17 de junho de 2022, em Solidão, no prédio do Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) aconteceu o 1º Fórum Comunitário do Selo UNICEF-Edição 2021/2024, realizado Pela Prefeitura Municipal de Solidão-PE e o Conselho Municipal de Desefesa dos Direitos da Criança e do Adolescente. 

   Aderindo ao Selo UNICEF, o município assume o compromisso de manter a agenda de suas políticas públicas pela infância e adolescência como prioridade. Um grande avanço à proteção da criança e do adolescente. O Selo contribui para a o alcance de 8 de 17  dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS). 

    O evento teve início às 08h com a formação da mesa de honra, seguindo-se uma paresentação cultural. Logo em seguida, foi discutido sobre o que é o Seclo UNICEF, sua importância e propósito; além da apresentação da equipe intersetorial, divulgação dos resultados sistemáticos do município e as metas a serem alcançadas pelo Núcleo de Cidadania de Adolescentes (NUCA).

   Após a fala das autoridades presentes, foram divididos grupos de estudo por resultados sistemáticos, que apresentaram suas propostas às 11h. 

    Na oportunidade, foi apresentado o relatório de linha de base de Solidão, onde o município, declarado como pequeno, com população geral de 6.021, apresenta um total de 2.054 crianças e adolescentes de 0 a 17 anos. Segue-se relatório apresentado: 

    -Crianças de 1 ano de idade a receber a vacina tríplice viral D2 em 2020 no município alcaçou um percentual de 92% de uma meta de 95%.

    -Alunos do ensino fundamental que abandonaram a rede pública de ensino em 2019 no município alcançou um percentual de 50% de uma meta de 50%

    -Adolecentes entre 15 e 17 anos que estão matriculados no ensino médio em 2020 no município alcançou um percentual de 50% em um percentual de 60%

      -Nascidos vivos de mães entre 10 a 19 anos em 2019 no município alcalçou um percentual de 10% em uma meta de 10%

      -Escolas Públicas com fonte adequada de acesso aos serviços de água em 2020 no município alcançou um percentual de 100% em uma meta de 100%

      -O percentual de casos de violência contra crianças e adolescentes registrados de forma adequada no portal SIPIA não foi divulgado; 

    -Famílias cadastradas no Cadastro Único em acompanhamento pelo PAIF no município em 2019 alcançou um percentual de 10,4% em um meta de 20,8%