De Solidão para a África: A pedreira Luzia Simões viajará á África para promover oficinas


Postado em 28 de Agosto de 2019


            A única mulher pedreira do Pajeú, será a primeira solidanense a viajar para a África. Ela mostrará as tecnologias desenvolvidas pelas mulheres nordestinas e dará oficinas sobre como construir cisternas, fogões e reutilização de água de forma ecológica.
        A senhora Luzia Porfirio Simões Ribeiro (Luzia Simões), de 48 anos, contou como será a sua viajem para a África. Ela conta que o projeto de viajem, terá contra partida da associação ASA e Casa da Mulher do Nordeste.


Durante a entrevista com orgulho ela afirma:

“já construí cerca de 80 cisternas e fogões já perdi a conta, reutilização de água construí aproximadamente 30”. Ela já viajou para diversos estados e várias cidades do Brasil mostrando e promovendo oficinas.

Para o prefeito Djalma Alves, “é um orgulho para todos nós solidaneses termos Luzia nos representando a nível internacional, isso é um exemplo nato da garra da mulher solidanense e sertaneja”, destacou o prefeito.

Na África ela promoverá oficinas que visa mostrar essa inovação que é própria do Nordeste, possibilitando uma melhor condição de vida. Luzia é a atual presidente da Associação Manoel Simões do Sítio Barreiros de Solidão e membro dos grupos: associação Nossa Senhora das Graças, Casa da Mulher do Nordeste, Mulher do Bem virá, Fórum Mulheres de Pernambuco, Fórum Mulheres do Nordeste, Fórum Mulheres do Pajeú e ainda do Mulheres Maravilha.